Sobre

O programa A UFMS vai à Escola iniciou suas atividades em 02 de outubro de 1999 com a proposta  de enriquecer a formação dos acadêmicos, possibilitando a prática dos conhecimentos adquiridos em sala de aula. Essa troca de experiência auxilia na atuação dos futuros profissionais e fomenta o compromisso social da universidade pública com a comunidade.

Os projetos da A UFMS vai à Escola envolvem vários cursos de graduação da Universidade. Os atendimentos iniciaram-se em Campo Grande, e logo se expandiram para outras localidades do interior do Estado. O programa já promoveu o atendimento de mais de cem mil pessoas nos seus 15 anos de atuação em pelo menos 15 municípios do Estado de Mato Grosso do Sul. Um dos resultados obtidos nas ações é a quebra da barreira existente entre a academia e o saber popular.  Os acadêmicos que participam do programa aprendem na prática a teoria adquirida nas salas de aula, e as pessoas atendidas têm acesso à saúde de qualidade com ações preventivas e curativas, atividades educativas, propostas de cidadania e de geração de renda.

Entre as atividades realizadas estão a expedição ao rio Paraguai, à escolas pantaneiras,  expedição ao Amazonas e  ao município de Santarém do Pará, que ofereceu atendimentos aos ribeirinhos. O programa foi ampliado passando a atender assentamentos rurais do Estado,  fornecer qualificação técnica e contribuir para o desenvolvimento social de diferentes comunidades.

A UFMS vai à Escola deu origem a outros projetos de extensão como  A UFMS vai à Escola Pantaneira, A UFMS vai à Escola RuralIncubadora Tecnológica de Cooperativas Populares.

Objetivos do programa:

1.Contribuir para a formação integral do acadêmico e para o exercício da prática profissional, ética e humanizada;

2.Fomentar atitudes socialmente responsáveis a partir da formação de um profissional capaz de interagir com a comunidade;

3.Oportunizar ao acadêmico o desenvolvimento do seu potencial para atuar com o compromisso de agente transformador e promotor da saúde, do bem-estar e da qualidade de vida das pessoas;

4.Garantir atendimento biossocial à população em geral, com elevação na qualidade de vida das pessoas;

5.Levar orientações preventivas à família de forma integral e universal, contribuindo para a formação de estudantes, pais e funcionários dos locais de atendimento, no que diz respeito à saúde, educação, cidadania e lazer;

6.Promover a integração entre os acadêmicos de diferente área de conhecimento da UFMS;

9.Possibilitar a aplicação dos conhecimentos teóricos adquiridos pelos acadêmicos.

10. Promover a troca de saberes.