ITCP se reúne com produtores rurais de Corguinho

Produtores rurais de Corguinho buscam parceria para intensificar a agricultura familiar no município

Em busca de parceria, representantes do Sindicato de Agricultura Familiar de Corguinho reuniram-se na última segunda-feira (29/09) com a Incubadora Tecnológica de Cooperativas da UFMS (ITCP). O encontro aconteceu no prédio da Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis (PREAE).

Corguinho possui 4 assentamentos rurais e um território quilombola que juntos abrigam por volta de 297 famílias que vivem da agricultura familiar. A falta de assistência técnica e as dificuldades para escoar a produção fez com que o Sindicato procurasse a ajuda da UFMS.

“Estamos muito crus nessa parte”, afirma a produtora rural Silvania Maria Alves. Ela conta que já chegou a vender melancias por R$1,50 para não perder a produção. “Já tentamos de várias formas. A gente planta e colhe, mas não tem condições de vender”.

Mirian Coura Aveiro, coordenadora da ITCP, explicou aos produtores como funciona a incubadora e contou casos de sucesso como o Assentamento Juncal em Naviraí onde além da produção de frango e leite, hoje, funciona uma fábrica de doces e uma panificadora. “A gente não está falando de melancias, estamos falando de sonhos”.

Desde 2007 a ITCP, um programa do Governo Federal dentro do Ministério do Trabalho, leva o conhecimento da universidade até os assentamentos por meio de assistência técnica e organização das cadeias produtivas. Mirian pontua que quem ganha é a universidade. “Os grupos incubados aprendem com os acadêmicos e eles vão lá aprender com vocês que estão na lida diariamente”.

O Pró-Reitor de Extensão, Valdir Souza Ferreira, esteve presente na reunião e afirmou que é preciso que a universidade estreite os laços com a comunidade. “Novos caminhos e possibilidades vão se abrir, é nossa missão participar desse processo”.

Texto: Luana Campos

Membros do Sindicato de Agricultura Familiar trouxeram demandas ao ITCP. Foto:Sergio Fernandes Aveiro

Membros do Sindicato de Agricultura Familiar trouxeram demandas ao ITCP. Foto:Sergio Fernandes Aveiro